segunda-feira, 29 de setembro de 2014

POEMAS PARA

Obax anafisa.


O silêncio envolve
um recorte de rosto
projetado pelo abajur.
COMITTI


As nuvens cinza esperam o sol para serem tingidas.
As nuvens sobre as flores coloridas
E os pássaros cantores
Para as borboletas dançarem
E as pessoas sorrirem
Ou então escreverem poemas
Para a vida
Ou pessoas que sejam flores.


Las nubes grises a espera del sol para ser teñidas.
Las nubes sobre las flores coloridas
Y los pájaros cantantes
Para las mariposas bailaren
Y las personas sonrieren
O entonces escribieren poemas
Para la vida
O personas que sean flores.


Ofereço aos aniversariantes
Ranna Maia, Rodrigo O. Poeta, José C. Mateus, Agnaldo Bicalho, Michaela Jussara, Margarida Tisquinha, Efigenia Silva, Jésus Guimaraes, Victor S. Montenegro, Mayara Ferreira, Erica Fernandes, Nei Gomes, Vera Miranda, Felipe Ávlis, Nilmar Lage, Gustavo Espeschit, Yasmine Pimenta, Thaís Sthepany, Luciano G. Botelho e Anna L. Rodrigues.

Recomendo a leitura dos textos:
Poema sobre a passagem do tempo, de Thiago Domingues – http://palavrasegavetas.blogspot.com.br/2014/09/poema-sobre-passagem-do-tempo.html
Entreleta: Sonia Bischain, de Willian Delarte – http://williandelarte.blogspot.com.br/2014/09/entreletra-sonia-bischain.html

Escrito entre os dias 14 de março e 29 de setembro de 2014.

COMITTI, Leonardo. Desolação. Na página Movimento da Imagem, facebook. Postado na madrugada de 13-5-2014.


Em banto, obax nafisa significam flores e pedras preciosas. O texto é minhas flores para você e faço votos de que encontre nele pedras preciosas.

5 comentários:

Anônimo disse...

Senhor Rubens Leite. Meu nome e minha identificação no Fce é Ricardo Luiz Peçanha(pecannha). eu já esta saindo e indo tentar dormir quando aceitei seu convite, Mas meu computador está meio avariado e não ocnsegui me cadastrar no site. TAMBÉM CRIO TEXTO MUITOLEGAIS DESDE OS 14 ANOS E TEHO 48 MAS TODOS INÉDITOS. FACO CONTATO AMANHA. MOURANHA@GMAIL.COM

Anônimo disse...

GGGGGJJJKK

Josmar Divino Ferreira disse...

Lí os comentários... Legais... força Peçanha publique para a gente ler poemas na gaveta, sei não... Rubem um belo poema... Gostei da combinação fantasiosa. Abraços. Josmar Ferreira

EIORLÍ BRAZ NÓBRE disse...

Rubem, Gostei muito do texto, por 02 razões:
1) Por descobrir que por trás de uma aparência tão símples do escritor, existem uma "capacidade, só entendida, com o olhar divino";
2) Gosto muito da língua portuguesa; luto porém, o tempo todo, contra a "seriedade exagerada", com que é tratada a língua. Divertindo como você faz, a gente consegue aprender mais e sem se cansar.
E aí Rubão, quem sabe, você chegou para inaugurar "um novo método de aprendizagem" da língua.A língua mais bela, que já conhecí!!!
Eiorlí - O BRAZÃO
02/10/14
13H49.

Mingau Ácido (Marcelo Garbine) disse...

Rubem Leite é para ser lido com as vísceras.