domingo, 27 de novembro de 2016

SOLIDÃO

SOLEDAD – LONELINESS


Potira itapitanga.


Corpo dança solitário
Pássaro dorme em seu ninho
Árvore acima
– das suas –
Três vidas no infinito espaço.


Cuerpo baila solo
Pájaro duerme en su nido
Árbol arriba
– de sus –
Tres vidas en infinito espacio.


Body dancing alone
Bird sleeps in your nest
Tree above
– their –
Three lives in the infinity space.


Ofereço como presente de aniversário
Marcelo Garbine (Mingau Ácido), Bruna Marin, Jéssica Ribeiro, Hudson Welling, Marilia S. Lacerda, Elias Freitas, Nauana Louzada, Wellinton Baubino, Marcelo Vieira, Albio Rodrigues e Alejandro Vera.

Recomendo a leitura de “2016. Sucesso toral do Black Year”, de Javier Villanueva; “Pássaros voam rente ao chão”, deste que vos fala.


Escrito originariamente em inglês no fim da manhã de 07 de janeiro de 2016. Trabalhado nas três línguas entre os dias 26 outubro e 27 de novembro de 2016.

2 comentários:

Mingau Ácido disse...

Santa paz nessa solitude, Rubem!
Obrigado pelo presente!

Jéssica Ribeiro disse...

Gratidão Grande Rubem !
Arte e Luz 🙏 😘