segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

CAM, A CORUJA

Obax anafisa.


Pensando “Não, não! Não, não faça isso. Científico é uma coisa programada. Criação é uma coisa que nasce. Nasce pra gente, nasce com as nossas dores, nasce com as nossas... neuroses, com as nossas... os nossos sorrisos. Não, não, não, não! Criação é uma coisa muito importante. O científico também é. Só que... científico é científico, né... Ou não?”¹ observa as cinzas do incenso a cair sobre os livros enquanto reza. Já se sentiu irritado com isso e hoje vê beleza nelas. Talvez pela sua paz, ontem foi profusamente elogiado pelas palavras por ele ditas. Em outro momento da manhã ganhou uma coruja de pano. Aquela que achou mais bonita. A grande poeta Nena de Castro a batizou dizendo “Você, corujinha, é Cam e recebeu o nome de uma cadelinha muito gente boa que já partiu, mas ficou na memória”. Os nóia da rua gritam “Não me bata!” – “Por que está batendo em nós?” – “Cequié fracassado.” – anuviando-lhe o coração. Então se esforça em ver a dança da fumaça e sentir o aroma do incenso até o sol renascer.


Escrita na manhã de 16 de janeiro de 2012.

Ofereço como presente de aniversário à

Nanda Abrahão, Marrione Warley, minha sobrinha Mariana Cheloni Leite e Douglas Brasil.

----------------------------------------------

Em banto, obax anafisa significam flores e pedras preciosas.
O cronto é minhas flores para você

e faço votos de que encontre nele pedras preciosas.


¹ Maysa Figueira Monjardim, mais conhecida por Maysa Matarazzo ou simplesmente Maysa. 1936 1.977 ó Ver http://www.youtube.com/watch?v=lIrEewDVEhQ&feature=share

2 comentários:

Nathalia alves costa disse...

lindo texto, é sempre bom ler você e ver que estamos cada vez mais próximos, entre tantas letras! bjuu

Thiago Domingues disse...

Grande Rubem!
Faz tempo que não tenho o privilégio de contar com as suas visitas e palavras!
Que 2012 seja um ano abençoado para você e toda sua família! Muita inspiração no coração e poesia no olhar!..
Se tiver Twitter, só me seguir lá...@Thiago_Domingue
Abraços!