domingo, 22 de maio de 2016

QUEM

QUIÉN – WHO


Potira itapitanga.


Em português

A pomba anda suja, solta e solitária entre os pés humanos. Busca o que comer e eu penso em quem. Chega alguém que gosto e que em meu íntimo queria para mim. Meu interior, confesso, quer e nada quer, deixando-me sem rumo.
Conversamos.
Sua presença vale por si. Algo mais não seria ruim, mas não imprescindível.
Conversamos. Bebemos.
A pomba, entre outras pombas, voa suja, solta e só.


En español

La paloma camina sucia, suelta y solitaria entre los pies humanos. Busca cosas para comer y pienso en alguien. Llega uno que me gusta y que en mi íntimo deseaba. Mi interior, confieso, quiere y nada quiere, dejándome sin rumbo.
Charlamos.
Su presencia me encanta. Algo más no sería malo, pero no imprescindible.
Charlamos. Bebemos.
La paloma, entre otras palomas, vuela sucia, suelta y sola.


En English

The dove walk dirty, loose and alone between human feet. It seeks to eat and I think of who. Someone what I like arrives and what in my heart I wanted it to me. My inner, I confess, wants and wants nothing, makes me adrift.
We talked.
Your presence stands on its own. Anything else would not be bad, but not indispensable.
We talked. We drank.
The dove, between other doves, fly dirty, loose and alone.


Ofereço como presente de aniversário:
Alysson Jhony, Adê Araújo, Jaquelaira Prado, Filipe Boanerges, Vinícius Cabral, Eloy Santos, Ladislau Lauson de Lau, Hiago Gomes, Kátia G. Paula, Fernando Campos e Rosa Kanesaki.


Escrito originariamente em português na tarde de 16 de agosto de 2015. Eu bebia drinques produzido pelo Marcelo, no Feirarte. Trabalhado nas três línguas entre os dias 20 de agosto de 2015 e 15 de maio de 2016.

Um comentário:

Josmar Divino Ferreira disse...

A metáfora da solidão na imagem de uma "pomba" andarilha é de uma tristeza comovente. Se mudarmos a cena para uma "espera" de amor, então dá vontade de chorar... No caso de um amor não correspondido a saída é procurar outro amor... Ao menos é esta a solução que procuro dar em alguns de meus poemas e de casos que me contaram de histórias de amor inacabados. Lindo dia amigo.